Projeto Canabrava

Localizado no Estado de Goiás, o Projeto Canabrava é composto por 5 área de pesquisa, recobrindo aproximadamente 7.700 ha e encontra-se próximo aos projetos de Níquel de Barro Alto (Anglo American) e Niquelândia (Votorantim). 

O empreendimento tem potencial para depósitos de Níquel Sulfetado + Cobre + Elementos do Grupo da Platina, associado às rochas máficas e ultramáficas do Complexo Canabrava (CCB).

O Projeto Canabrava apresenta potencial geológico para hospedar um depósito de classe mundial de níquel sulfetado do tipo "high tonnage and low grade" (superiores a 100 milhões de toneladas com concentração de 0,5% de Níquel).

Minério

Níquel e Cobre Sulfetados

Geologia

A geologia do Complexo Máfico - Ultramáfico de Canabrava é constituída por três sequências litológicas dominantes: a Zona Máfica Inferior (ZMI), a Zona Ultramáfica (ZU) e a Zona Máfica Superior (ZMS). A fertilidade do CCB para mineralizações de Níquel-Cobre, EGP e Ouro tem sido demonstrada nos trabalhos do Grupo Bemisa. 

Recursos e Desenvolvimento do Projeto

O Projeto Canabrava iniciou dos seus trabalhos de pesquisa em 2008, com a realização do reconhecimento via trabalhos de superfície em queforam coletadas e analisadas mais de 6.300 amostras.


Em 2011, já pautado nos bons resultados resultantes das campanhas de amostragem, decidiu-se pela realização do levantamento aerogeofísico (VTEM) que identificou 16 alvos exploratórios com potencial para mineralização do tipo Níquel - Cobre sulfetado, além de geofísica terrestre por IP. Ao final de 2011 tomou curso a 1° campanhade sondagem com 7 furos exploratórios e 1.058 metros perfurados. Esta campanha foi capaz de identificar a mineralização sulfetada que reportou um intervalo mineralizado com 50 metros @ 0,4% Ni e 0,15% Cu + Au e EGPs.

 

Em 2012 ,a 2° campanha de sondagem foi implantada afim de estabelecer o recurso no Alvo denominado CB-09, composta de 8 furos e 1.496 metros perfurados, dando origem a um recurso de 21,6 Mt @ 0,32% Ni + 0,18% Cu + 0,1g/t de Au + EGPs.

 

Durante o ano de 2013 foram conduzidos trabalhos adicionais de exploração, com objetivo de preparar o alvo de Taboca e Mirante para a terceira campanha de sondagem em que foram sondados 14 furos, totalizando 2.104 metros perfurados, e identificado um novo recurso sulfetado da ordem de 4,36 Mt @ 0,15% Ni + 0,09% Cu e 0,2 g/t de Au + EGPs.

O Potencial geológico do CCB ainda se encontra em aberto, com áreas a serem melhor estudadas, o que pode vir a gerar recursos sulfetados adicionais ao Projeto Canabrava.

Localização

O Projeto Canabrava está localizado no entorno do município de Minaçu, Norte do estado do Estado de Goiás, próximo à divisa com o Estado de Tocantins.